5 técnicas para um profissional liberal captar mais clientes

Carreira

Os profissionais autônomos somam mais de 24 milhões de pessoas no Brasil, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Esse número subiu 1,4% em relação ao primeiro trimestre desse ano (2019). Se comparado ao segundo trimestre de 2018, é 5,1% maior. Em geral, um profissional liberal costuma trabalhar diferentes prestações de serviços, como jornalismo, advocacia, medicina, engenharia, psicologia, entre outros.

Seja qual for o seu ramo de atuação, existe algo que une todos os profissionais liberais: eles precisam vender a si mesmos. Isto é, um trabalhador autônomo deve sempre investir em ações que tenham como foco a captação e a fidelização de clientes.

Por isso, vamos contar para você 5 estratégias que influenciam diretamente em resultados mais efetivos ao captar clientes. Confira!

1. Entender exatamente qual é o perfil do seu cliente

O primeiro passo é saber qual é o perfil de cliente ideal para você. Ou seja, você precisa avaliar criteriosamente o seu público-alvo. Para tanto, faça uma análise da sua carteira de clientes atuais e, a partir dela, será possível apurar as informações necessárias para identificar exatamente quem consome seus produtos ou serviços.

Estude esses dados com atenção aos detalhes e descubra, antes de tudo, qual foi a razão que fez esses clientes terem preferência por contratarem você. Então, faça um mapeamento das características de cada um deles. Uma boa dica é tirar ideias e fazer a coleta de dados usando a tecnologia. Isso permitirá que você avalie precisamente o que pode ser feito e para quem deve focar o direcionamento das suas ações de marketing digital.

2. Investir em estratégias digitais

Hoje em dia, a concorrência é acirrada em qualquer mercado. Portanto, um profissional liberal não pode perder nenhuma oportunidade de captar novos clientes. A boa notícia é que a internet propicia a utilização de estratégias digitais para dar visibilidade ao seu negócio, tanto por meio das redes sociais como com o uso de marketing de conteúdo.

Antes de vivermos em um mundo totalmente online, os investimentos em marketing eram muito altos, o que inviabilizava um trabalhador autônomo divulgar seus serviços. Mas o marketing digital mudou esse cenário. Primeiramente, porque barateou o custo. Em segundo lugar, porque você pode causar um impacto direto ao segmentar o seu público-alvo, de acordo com as características que conseguiu extrair seguindo a primeira dica deste post.

Com os motores de busca, ficou muito mais fácil direcionar a pessoa certa para conhecer sua empresa. Basta saber quais são os termos que os seus clientes usam para procurar o que você vende na internet. A partir disso, você consegue criar uma estratégica eficiente de produção de conteúdo relevante para captar e fidelizar clientes.

Quando usa as palavras certas para criar conteúdos que ajudem seus clientes a solucionar problemas que estão enfrentando, você se tornará uma autoridade no assunto. Então, quando essa pessoa que consumiu seu conteúdo pensar em comprar um produto ou contratar um serviço como o seu, a probabilidade de ela o procurar é muito maior. Afinal de contas, você já construiu o papel de especialista por meio das informações que forneceu em seus vídeos, posts, webinários, etc.

3. Fidelizar os clientes atuais

A manutenção dos seus clientes custa muito menos do que a captação de novos consumidores. Isso porque um cliente que está satisfeito com o seu trabalho não só vai contratar você regularmente, como também vai indicá-lo para outros potenciais consumidores.

Em outras palavras, quando você fideliza um cliente, consegue amplificar a divulgação boca a boca, que é um diferencial enorme para qualquer negócio. Vale lembrar que o boca a boca digital é ainda mais eficiente, pois vivemos a era da economia da confiança. Ou seja, a opinião que as pessoas deixam na internet, em suas redes sociais, na página do Facebook da empresa e em sites de reclamações são extremamente relevantes na decisão de compra do seu cliente.

Logo, dedique-se a prestar o melhor serviço possível para seus consumidores. Personalize o seu atendimento, acompanhe a satisfação dele após a venda e procure sempre maneiras de aperfeiçoar seu trabalho.

Pode ter certeza que seus clientes reconhecerão o esforço e divulgarão sua empresa para amigos e família. O boca a boca, seja por telefone, seja presencialmente ou online, ainda é uma das principais maneiras de captar novos clientes. Afinal de contas, a avaliação de alguém que já testou e aprovou seu serviço tem uma credibilidade imediata.

4. Oferecer diversos planos de pagamentos para os seus clientes

Suponhamos que você já conseguiu atingir a excelência no seu atendimento, que a qualidade dos seus produtos ou serviços é ótima e que você tem preços bastante competitivos dentro do seu mercado de atuação. Isso é incrível, mas não é suficiente. Para fechar esse ciclo virtuoso, facilite o pagamento.

Muitas vezes, o consumidor pode desistir da compra, simplesmente porque você não aceita cartão de crédito. Então, procure oferecer planos de pagamento parcelados, aceite cartões e tenha o boleto como opção.

Sabemos que um profissional liberal, na maioria das vezes, não tem muito tempo sobrando para controlar adequadamente as finanças da sua empresa. Ainda mais com tantas formas de recebimento. A solução para esse problema é bem simples: automatize esse processo.

Procure por uma plataforma barata, prática e segura de cobrança recorrente, gestão de finanças e de relacionamento. Esse tipo de sistema poupará muito do seu tempo nesse controle administrativo. Assim, você conseguirá se dedicar às estratégias para atrair mais clientes.

5. Fortalecer o networking

Aumentar a sua rede de contatos estabelecerá e fortalecerá seu relacionamento com outros profissionais e negócios. Ainda que essas pessoas exerçam a mesma atividade que a sua, é fundamental que você tenha uma mentalidade empreendedora e moderna para não vê-los somente como concorrentes.

Lembre-se de que até mesmo essas pessoas podem colaborar para seu negócio crescer. Por exemplo, quando, por qualquer razão, algum deles não tiver condições de atender um consumidor, você poderá ser a indicação para o trabalho. Outra dica é ter uma relação de fornecedores com quem você possa fazer parcerias para ofertar vantagens aos seus clientes.

Neste artigo, contamos para você quais são os principais métodos para um profissional liberal captar mais clientes. Agora, chegou a hora de sair da teoria e partir para a prática. Adote essas técnicas para o seu negócio e tenha resultados mais efetivos no crescimento da sua carteira de clientes.

Gostou do post? Continue a sua leitura e entenda como a economia colaborativa pode ajudar os profissionais liberais.