Fechar

Aviso
Devido ao feriado do securitário, não teremos expediente hoje.
Retornaremos nossas atividades dia 17/10.

Blog

Proteção para toda a família!

Home Blog 6 truques para guardar dinheiro

6 truques para guardar dinheiro

Finanças Pessoais POSTS

Guardar dinheiro é algo que muitas pessoas desejam e que até mesmo tentam fazer, mas por vezes acabam não conseguindo, pois apesar de parecer fácil, é algo que não faz parte da cultura de grande parte dos brasileiros.

Tornar essa prática um hábito não precisa ser tão difícil assim, afinal, guardar dinheiro é uma forma de cuidar de si mesmo em relação ao futuro e até mesmo para conseguir lidar com as surpresas e urgências da vida.

Neste conteúdo, vamos ensinar 6 truques para guardar dinheiro de forma descomplicada, que ajudarão você a cumprir suas metas financeiras e a organizar suas finanças. Para saber quais são eles, leia este conteúdo até o final!

Neste artigo você vai ver:

  • Maiores desafios para guardar dinheiro
  • 6 truques para guardar dinheiro de forma descomplicada
  • Corte gastos desnecessários
  • Use uma planilha de gastos
  • Estipule um valor mensal limitante
  • Faça pesquisas de preço
  • Deixe uma parte do dinheiro guardado para cuidar da saúde
  • Use menos o cartão de crédito

Maiores desafios para guardar dinheiro

Existem grandes desafios quando falamos sobre guardar dinheiro, e um dos principais está relacionado aos gastos emergenciais que estão totalmente fora do orçamento, mas que devem ser realizados.

Um exemplo comum é quando você adoece e acaba tendo que ir ao médico, pois além do gasto que terá caso não tenha um plano de saúde ou caso possua um plano com coparticipação, provavelmente ele vai receitar uma série de medicamentos que você não poderá deixar de comprar.

A partir disso, será necessário gastar uma determinada quantia que não estava no seu planejamento inicial.

O exemplo da consulta médica é apenas um dos mais diversos imprevistos que podem acontecer, alguns outros são:

  • para aqueles que possuem um automóvel, algum problema inesperado que necessite de um mecânico ou até mesmo uma colisão em que é preciso que pagar;
  • a manutenção de algum eletrodoméstico que acabou apresentando defeito e agora deve ser trocado com uma certa urgência;
  • entre diversos outros.

Além dos imprevistos citados acima, muitos brasileiros não possuem nenhum tipo de controle financeiro e acabam comprando determinados itens que não precisam por impulso, além de gastarem mais do que deveriam em determinadas ocasiões, como festas, happy hours e outros eventos.

Outro ponto importante é quanto as metas financeiras, principalmente se considerarmos um projeto pessoal que depende de um investimento financeiro maior e que, por algum motivo, não foi possível guardar determinada quantia de dinheiro necessária por falta de uma organização e disciplina.

Alguns exemplos simples são a compra de um carro, uma faculdade ou especialização, casamento, imóvel próprio entre outros.

O hábito de guardar dinheiro permite alcançar tanto esses objetivos quanto dar fôlego para não passar nenhum aperto. Confira a seguir nossas dicas para fazer isso da melhor forma possível!

6 truques para guardar dinheiro de forma descomplicada

Para ajudar você a guardar dinheiro e superar os desafios citados acima, vamos listar 6 truques. Confira!

1. Corte gastos desnecessários

Este item não é fácil, principalmente para aqueles que gostam e já estão acostumados a realizar compras por impulso, contudo, se você deseja realmente juntar dinheiro, deve aprender a se controlar e a cortar gastos desnecessários.

Isso não significa que nunca mais poderá comprar nada que não seja extremamente essencial, mas que deve ir reduzindo essas aquisições aos poucos, até posteriormente conseguir cortar de uma vez.

Dessa forma, o ideal é que você estabeleça metas, que podem ser até mesmo semanais, para cortar esses gastos desnecessários e conseguir ter um maior autocontrole em relação a eles.

2. Use uma planilha de gastos

Controlar os seus gastos, saber o que entra e o que sai é extremamente importante. Uma boa forma é a utilização de planilha para poder acompanhar a evolução deles ao longo do mês e entender se está gastando mais do que deveria ou não.

Se você não gosta muito ou não possui nenhum tipo de habilidade com planilhas, outra possibilidade é usar aplicativos de controle financeiro. Muitos deles possuem integração com sua conta bancária e até mesmo com o cartão de crédito ou débito, tornando ainda mais fácil o registro das compras que você realiza.

3. Estipule um valor mensal limitante

Defina um valor mensal que deve ser menor que seu salário para que você possa gastar, mas, para isso, é necessário ter um pleno controle das suas finanças e saber que, como o seu objetivo é guardar dinheiro, terá que gastar menos do que ganha ao final do mês.

4. Faça pesquisas de preço

As pesquisas de preço, principalmente na internet, podem fazer com que você consiga excelentes descontos e promoções, com isso, comprar produtos mais baratos também é uma forma de economizar dinheiro.

O cashback, que significa dinheiro de volta, é um excelente truque para guardar dinheiro de forma descomplicada ao fazer compras online com segurança e pode ser uma excelente opção, principalmente se você acaba comprando muito através das lojas virtuais.

Utilizando o cashback e entrando em diversos sites ou até mesmo em sites cuja função é realizar o comparativo dos preços de um determinado produto, você conseguirá realizar compras com desconto.

Já para as compras feitas em estabelecimentos físicos, o ideal é que você visite cerca de 3 lojas que possuem aquele determinado produto para definir em qual vale a pena comprar.

5. Deixe uma parte do dinheiro guardado para cuidar da saúde

Como já foi abordado neste conteúdo, um dos principais imprevistos que acontecem são os gastos que ocorrem com saúde, ter uma dinheiro guardado para utilizar nessas horas difíceis é de extrema importância, uma vez que a saúde é uma conta que muitas das vezes não avisa com antecedência a chegada.

Neste momento o ideal é que você tenha um fundo separado para poder utilizar. Ter uma reserva financeira voltada para esse tipo de gasto e também outros pode ser uma excelente opção, além disso, uma das formas de prevenir esse gasto é cuidar da saúde e realizar atividades físicas e exercícios que ajudem você a se manter ativo e ter uma melhor qualidade de vida.

Reserve parte do seu dinheiro para cuidar da saúde, mas, nesse caso, de forma preventiva, para evitar gastar com remédios e idas ao médico.

6. Use menos o cartão de crédito

Devido à facilidade na forma de pagamento e principalmente à modalidade de pagamento, é importante tomar cuidado quanto ao uso do cartão de crédito, que é um dos grandes vilões contra o acúmulo de dinheiro para os brasileiros, pois muitos acabam utilizando o cartão de maneira irresponsável, tendo problemas para pagar a fatura ao final do mês e, às vezes, tendo que pagar juros por conta disso.

Dessa forma, o ideal é que você utilize o mínimo possível esse cartão ou defina um limite baixo para ele.

Por fim, contar com uma reserva financeira é essencial para lidar com imprevistos. Assim, é necessário definir um valor mínimo de reserva e guardar dinheiro mensalmente até completá-lo.

Se você gostou dos truques para guardar dinheiro e quer ter acesso a outros similares, confira nosso artigo sobre aplicativos para ajudar a economizar.

Seguro para toda família!

Proteção na medida certa para você.

SOLICITE UMA COTAÇÃO

Receba conteúdos exclusivos para te ajudar a proteger o que mais importa para você.

    SIGA-NOS NO
    FACEBOOK
    SIGA-NOS NO
    INSTAGRAM

    Siga-nos nas Redes Sociais

    Cadastre-se em nossa newsletter

      FECHAR