7 filmes de mulheres fortes e inspiradoras que você deve assistir

Casa & Família DESTAQUES POSTS

Filmes de mulheres fortes e inspiradoras são um grande reforço e estímulo para que todos entendam o papel feminino na sociedade, nas relações familiares e na história, não é mesmo?  Os enredos mostram sacrifícios, preconceitos vividos e também a maneira como essas figuras femininas viraram o jogo e perseveraram, superando seus desafios e deixando o legado da conscientização nas gerações seguintes.

Quando são baseados em acontecimentos reais, então, funcionam como um choque de realidade, pois, apesar dos absurdos vividos, as mulheres cumprem suas missões com garra, amor e muita luta.

Neste post, fizemos uma lista incrível de filmes sobre mulheres fortes e inspiradoras que merecem ser assistidos. Veja se a sua favorita está entre nossas opções ou escolha quais longas serão parte do programa do seu próximo final de semana. Boa leitura!

1. Um sonho possível

Sandra Bullock, uma das atrizes mais famosas de Hollywood, dá vida a Leigh Anne Tuohy, uma mulher rica, nascida no Tennessee — uma das cidades mais tradicionais dos EUA.

Leigh decide acolher em sua casa um jovem negro com talentos para o esporte, mas, diante de uma sociedade preconceituosa, se vê em vários conflitos e situações complicadas. No entanto, mãe de um garoto e de uma adolescente, ela se mantém firme no propósito de ajudar o rapaz, que, as poucos, conquista seu espaço no esporte.

Além de ser baseado em uma história real, vale dizer que Sandra Bullock também é uma mulher de fibra e dedicada. Devido ao seu trabalho primoroso, foi premiada com o Oscar por seu papel nesse longa.

2. Coco antes de Channel

A história de superação de Gabrielle começa ainda na infância, quando ela e sua irmã, Adrienne, são deixadas em um orfanato e crescem sozinhas.

No início de sua fase adulta, Gabrielle se desdobra entre o emprego de cantora de cabaré e costureira, até que encontra um mentor e protetor, Étienne Balsan, e inicia sua trajetória pelo mundo da moda.

Em uma época em que as mulheres precisavam ser femininas e submissas aos seus maridos, a agora Coco quebrou os paradigmas se vestindo de modo diferente e oferecendo roupas elegantes, em alfaiataria, para mulheres.

Esse foi o início de uma revolução na forma das mulheres se vestirem e, muitos anos depois, continuou inspirando a moda e o comportamento feminino.

3. A Dama de ferro

História baseada na trajetória da britânica Margaret Thatcher, o filme retrata o período que ela assumiu a função de primeira-ministra do Reino Unido, que até então era desempenhada por homens famosos e intensos, como o próprio Winston Churchill, nos episódios da Segunda Guerra Mundial.

Para permanecer em seu mandato, a líder foi implacável: precisou tomar decisões difíceis, mas foi cirúrgica, ajudando o Reino Unido a se recuperar e lidar com situações delicadas, como o próprio conflito com a Argentina sobre a Guerra das Malvinas.

Não por acaso, ganhou o apelido que dá nome ao filme: a Dama de ferro.

4. Joy: o nome do sucesso

A história de Joy é complexa e sentimental, mas envolve muitas questões que as mulheres vivem no mundo corporativo. Quem brilhantemente interpreta a personagem é a também queridinha de Hollywood, Jennifer Lawrence.

No filme, a personagem desenvolve um protótipo de esfregão que revolucionaria a forma de realizar a limpeza doméstica, considerando, inclusive, suas próprias dificuldades para a realização da tarefa.

Então, ela parte em busca de investidores que pudessem financiar seu projeto para a produção em série. Sempre subjugada e até mesmo assediada, acabou aceitando virar apresentadora de televisão, mas nunca esqueceu seu objetivo. Fiel a seu projeto, deixou de seguir o que a sociedade impõe e, no final, conseguiu conquistar sua meta e teve sucesso.

5. Que horas ela volta

Esse é um filme brasileiro, interpretado por Regina Casé, que não tem nada de cômico, apesar dos diálogos leves. O longa é sobre a história de Val, uma pernambucana que deixa sua filha na cidade natal e vai trabalhar como empregada doméstica em São Paulo.

Anos depois, sua filha liga pedindo ajuda para prestar o vestibular na capital, o mesmo que o garoto que ela cuidou tanto tempo, na casa onde trabalhava, vai fazer.

No desenrolar temos o conflito entre os tipos de criação e educação recebidas e a forma que as diferentes mulheres se enxergam na história. Também são retratadas as diferenças sociais e a perspectiva de vida dos personagens, o que causa uma série de reflexões.

6. Sicário: terra de ninguém

Um filme policial, em que uma agente e seus dois parceiros são implacáveis na perseguição de traficantes e contraventores. A atriz Emily Blunt interpreta a corajosa Kate Macer, que, ao longo da trama, é colocada em um grande dilema.

Ela precisa decidir entre revelar segredos e correr o risco de ser assassinada ou aceitar a situação, ficar em silêncio e continuar vivendo. Como uma líder forte, no entanto, ela não se dá por vencida.

7. As sufragistas

O filme se passa no século 20, em que as mulheres nem mesmo têm direito ao voto no Reino Unido. Usando esse mote, um grupo feminino de militantes decide tentar mudar essa situação, chamando, assim, a atenção de políticos.

Mulher forte e decidida, Maud Watts se junta a outras mulheres que já estavam buscando melhores condições e direitos para o público feminino. Elas vivem as tensões e opressões em todas as suas batalhas, sem, porém, desistirem, mesmo sem o apoio de seus familiares, amigos, polícia e sociedade.

Bônus: Alias Grace

Além dos filmes, também podemos citar como bônus essa série incrível: Alias Grace. Baseado no livro homônimo de Margareth Atwood, seu enredo parte de dois assassinatos em que dois culpados são investigados, mas apenas um deles irá para a forca.

Sara Gadon é a protagonista da série, e é uma governanta que se vê no meio de toda a trama, tendo que se impor para não sofrer injustiças apenas por ser mulher.

Além dos filmes de mulheres fortes e inspiradores, algumas figuras femininas presentes em nossas vidas também nos deixam entusiasmados e orgulhosos, não é mesmo? Valorizar seus esforços e promover a união do universo feminino é fundamental para que os preconceitos e limitações sejam combatidos devidamente.

Então, queremos saber: qual mulher da vida real traz inspiração a você? Deixe seu comentário explicando o motivo da sua admiração!