Confira 6 dicas para aproveitar melhor seu décimo terceiro salário

DESTAQUES Finanças Pessoais POSTS

Com a chegada do final do ano, os trabalhadores brasileiros ficam na expectativa do recebimento do décimo terceiro salário. Muitas pessoas querem usar o dinheiro para comprar os presentes de natal enquanto outras querem viajar durante o ano novo. Aí está um grande problema: a maioria dos brasileiros não sabe como usufruir desse dinheiro da melhor forma possível.

Ao contrário do que muitos acreditam, o décimo terceiro salário não é uma bonificação, ele é fruto de todo o seu trabalho e foi arrecadado ao longo do ano, por isso, deve ser usado com muita sabedoria.

Neste texto, nós daremos dicas valiosas para você aproveitar o décimo terceiro e não gastar o seu dinheiro à toa. Acompanhe a leitura!

1. Quite as suas dívidas

Antes pensar em gastar o dinheiro com motivos supérfluos, analise a sua situação financeira. Se você tiver contas pendentes, então vale a pena usar o dinheiro do décimo terceiro para pagar todas elas — ou pelo menos a maioria.

Neste exato momento, você deve estar se perguntando: o que eu faço se o dinheiro não for o suficiente para pagar todas as minhas dívidas? A resposta é simples: dê preferência às dívidas com juros altos, principalmente contas de cartão de crédito. Mesmo que o dinheiro não seja o suficiente para pagar tudo de uma vez só, aproveite que você está com o dinheiro na mão, negocie as taxas de juro e saia do vermelho.

Por fim, não se esqueça de que, ao quitar as suas dívidas, você não está acabando com a fonte dos seus problemas. Aprenda a lidar melhor com o seu dinheiro e passe a economizar mais para não aumentar suas dívidas antigas ou criar contas novas.

2. Reserve o décimo terceiro para pagar as contas do ano seguinte

As pessoas ficam tão entusiasmadas com as comemorações de fim de ano que se esquecem do novo ano que está começando.

Os três primeiros meses do ano são os mais difíceis financeiramente, pois muitas contas pesadas precisam ser pagas justamente durante esse período, como: IPTU, IPVA, matrículas de instituições de ensino, imposto de renda e, quem tem filhos, ainda precisa encarar a lista de materiais escolares. Quem parcelou as compras dos presentes de natal também precisa adicionar essas contas à lista.

Para não começar o ano no endividamento, o ideal é guardar pelo menos parte do décimo terceiro salário para pagar todos esses gastos. Vale lembrar que o pagamento de algumas dessas contas à vista (como IPTU e IPVA) garante um desconto. Então, não perca essa chance de economizar dinheiro!

3. Crie um fundo de emergência

Esta dica vale somente para quem está em uma situação financeira tranquila. Afinal, não faz sentido guardar dinheiro se você tiver dívidas a quitar.

Pois bem, se você não tem contas a pagar mas ainda não criou um fundo de emergência, então não perca mais tempo! Aproveite o dinheiro do décimo terceiro salário para dar início à sua reserva.

O ideal é que o seu fundo de emergência seja igual a 6 ou 12 meses do seu salário para cobrir todos os seus gastos caso algum imprevisto aconteça no futuro, como desemprego ou problemas de saúde.

O que muitas pessoas não sabem é que guardar o dinheiro do fundo de emergência na poupança não é uma boa ideia. Existem alternativas mais lucrativas que geram um rendimento maior. Você pode, por exemplo, fazer a sua reserva de emergência no CDB (Certificado de Depósito Bancário), que além de ter maior rendimento também tem alta liquidez — o que significa que o dinheiro pode ser resgatado a qualquer momento.

4. Faça a viagem dos seus sonhos

Se você está com todas as suas contas em dia e já tem um fundo de emergência, então não há mal nenhum em usar o seu décimo terceiro para fazer uma viagem. Muitos economistas dizem que viajar é um investimento pessoal.

Lembre-se que toda viagem deve ser bem planejada para que os gastos não ultrapassem o limite do seu orçamento. Não é porque você está sem contas pendentes que pode gastar despreocupadamente. Seja cuidadoso para não se endividar por causa de uma viagem!

A melhor dica para economizar durante uma viagem é aproveitar o período de baixa temporada. Os pacotes de viagem, os preços das hospedagens, o valor dos passeios e até mesmo a alimentação fica muito mais cara durante os meses de dezembro, janeiro e fevereiro, pelo menos no Brasil. Se você puder, é claro, prefira viajar nos períodos contrários às férias coletivas.

5. Use seu décimo terceiro salário para fazer investimentos

Esta é outra dica para quem já tem uma reserva de emergência e não tem dívidas a pagar. Fazer um planejamento financeiro significa ir além do fundo de emergência, que serve apenas para garantir imprevistos. Se você quer aumentar o seu patrimônio, então comece a investir dinheiro.

Existem várias formas de investimento, tudo depende de qual é a sua intenção. Investimentos a curto prazo, como o próprio nome já diz, duram menos tempo mas também rendem menos dinheiro. Já os investimentos a longo prazo costumam ter liquidez bem menor, entretanto, o montante a ser resgatado no final é muito satisfatório.

6. Dê seu décimo terceiro como entrada de um imóvel

Muitos brasileiros ainda não têm uma casa própria. Se você também ainda vive de aluguel, então aproveite o seu décimo terceiro para dar o pontapé que faltava para a realização do seu sonho.

Acho que não é preciso dizer que, se você tem dívidas a pagar, então nem pense em encarar uma empreitada tão grande quanto essa. Se você já tiver uma casa própria, então use o dinheiro para investir em outros bens materiais, como um carro ou uma moto.

Agora que você já conhece as melhores formas de usar o seu décimo terceiro salário, não faça a bobagem de gastar esse dinheiro tão precioso à toa. Não se deixe levar pelas inúmeras promoções de final de ano e pense que economizar é difícil mas é sempre recompensador.

Gostou deste texto? Achou as nossas dicas interessantes? Então compartilhe agora mesmo em suas redes sociais para que os seus amigos também possam aprender a usar o décimo terceiro de forma inteligente.