Por que e como garantir a retenção de funcionários?

Carreira DESTAQUES POSTS

Segundo uma pesquisa divulgada pelo instituto suíço IMD (uma escola de educação empresarial), o Brasil tem uma péssima capacidade de desenvolver, atrair e reter talentos. A pesquisa leva em consideração três principais categorias: investimento, atração e prontidão.

O instituto fez esse estudo avaliando 61 países e, de acordo com o ranking, o Brasil aparece no 57º lugar. Ou seja, o país é um dos piores da lista. Mas, afinal, o que esse resultado significa?

Embora a retenção de funcionários seja um assunto muito importante dentro do meio corporativo, ainda existem empresários que não compreendem toda a complexidade desse termo.

A seguir, nós explicaremos tudo o que você precisa saber sobre a retenção de funcionários. Ficou interessado? Então, acompanhe a leitura!

O que é a retenção de funcionários?

A retenção de funcionários é o nome dado a um conjunto de ações e políticas adotadas por uma empresa para que bons funcionários não saiam e acabem conseguindo empregos melhores em organizações concorrentes.

Resumidamente, trata-se da ação de tentar manter os melhores talentos dentro da sua empresa para aumentar o diferencial competitivo. Para tanto, você precisa valorizar os seus colaboradores e fazê-los se sentirem uma parte fundamental para a organização.

Essa estratégia já é usada pelas maiores companhias ao redor do mundo, como a Unilever. Mas não se engane, pensando que a retenção de funcionários é um assunto importante apenas para empresas de grande porte.

Até mesmo as micro e pequenas empresas precisam se preocupar com esse assunto. Caso contrário, elas não sobreviverão à competição do mercado atual.

Qual é a importância da retenção de funcionários para a empresa?

A retenção de funcionários anda lado a lado com o índice de turnover — também conhecido como índice de rotatividade, representa a taxa média de saída de funcionários, ou seja, este índice mede a frequência com que o time de colaboradores é renovado.

A rotatividade de funcionários gera altos custos para uma empresa, tanto no aspecto financeiro quanto emocional. Quando um funcionário novo entra na empresa, ele recebe treinamento e é apresentado aos valores e às filosofias da organização.

Essas etapas são essenciais durante o processo de admissão de um colaborador, no entanto, elas consomem os recursos financeiros e humanos da empresa. Por isso, cada funcionário novo representa um investimento. Então, a melhor opção é garantir que todo esse investimento permaneça dentro da sua empresa e gere resultados.

Confira, agora, quais são os principais gastos que a demissão de um funcionário gera para uma corporação:

  • contratação: custos com anúncio de vaga de emprego e realização de entrevistas;
  • onboarding: nada mais é do que o gasto com o treinamento e a adaptação do colaborador à nova empresa;
  • compensação da curva de aprendizagem: afinal, um colaborador novo leva tempo até chegar ao nível dos mais antigos;
  • manutenção do clima organizacional agradável: a equipe sempre fica abalada após a entrada de colaboradores novos e o setor de gestão de pessoas precisa lidar com essa pequena crise.

Os gerentes e líderes precisam entender que os colaboradores representam o que nós chamamos de “ativo de valorização.” Isso significa que um funcionário agrega valor com o passar do tempo, ou seja, quanto mais tempo um indivíduo permanece na sua empresa, mais valioso e produtivo esse profissional se torna.

Além de tudo isso, vale ressaltar que uma empresa com alto índice de rotatividade e baixa retenção de funcionários tem uma péssima imagem dentro do mundo corporativo. Se a maioria dos funcionários não quer trabalhar em uma empresa e, por isso, pedem demissão, pode indicar que a gestão dessa corporação não é satisfatória.

O que fazer para manter os funcionários dentro de uma empresa?

Como nós já citamos, os colaboradores do mundo moderno gostam de ser valorizados e ter o seu talento reconhecido. Portanto, para melhorar a retenção de funcionários da sua empresa, você precisa criar estratégias para deixar os profissionais mais satisfeitos no ambiente de trabalho. Confira agora as nossas dicas!

Treine os gestores

Provavelmente, a maioria das empresas com alta taxa de rotatividade de funcionários estão lidando com esse tipo de problema porque existe uma falha na liderança. Como já foi dito, se uma empresa não consegue reter seus funcionários, isso indica que há um problema com os gestores.

A melhor forma de solucionar esse tipo de problema é treinar os gerentes. Além de ter uma boa visão de mercado, essas pessoas que estão em um cargo mais elevado nas corporações precisam aprender a tratar seu time de colaboradores com mais igualdade e respeito.

Dê feedbacks aos seus colaboradores

Os colaboradores precisam de feedbacks construtivos. Caso contrário, como eles saberão qual caminho seguir para crescer dentro da empresa?

O grande problema é que alguns gestores confundem dar feedback com fazer críticas. Esses retornos, não necessariamente, precisam ser positivos ou cheios de críticas. No entanto, eles devem ser construtivos.

A forma como o feedback é dado também é muito importante. Tente falar com o seu colaborador da forma mais amigável possível para que ele não se sinta ofendido.

Ofereça mais vantagens

Nós sabemos que muitos gerentes não têm autoridade o suficiente para dar aumento aos colaboradores. Entretanto, a compensação financeira não é a única forma de agradar um funcionário ou mostrar valorização.

Em vez de oferecer mais dinheiro, você pode melhorar as condições de vida e de trabalho dos profissionais oferecendo mais benefícios corporativos, como vale-alimentação e vale-refeição, vale-cultura, plano de saúde, plano odontológico, auxílio-creche, descontos em universidades e cursos, bônus de fim de ano, folga no aniversário, sala de jogos, sala de descanso (para repouso no horário de almoço), copa equipada com geladeira e microondas e muito mais.

Algumas empresas também oferecem seguro de vida aos seus funcionários. Essa é uma ótima forma de se destacar da concorrência e mostrar aos seus colaboradores que a empresa se importa com o seu bem-estar.

Os funcionários estão cada vez mais exigentes e, por isso, eles procuram uma empresa que ofereça mais vantagens. Se você deseja se destacar da concorrência e melhorar a retenção de funcionários, então é hora de desenvolver um plano coeso de cargos e salários e implementar uma política de benefícios.

Gostou das nossas dicas e está com dificuldade para manter os seus colaboradores satisfeitos? Então, leia este outro artigo em que nós falamos sobre como oferecer um seguro de vida em grupo para funcionários.