Como escolher a tabela de tributação da previdência privada?

Quem investe nos planos PGBL ou VGBL pode escolher de que forma será cobrado o seu imposto de renda. A tabela de tributação da previdência privada pode ser de dois tipos: a progressiva e a regressiva.

1) Modelo Progressivo:

Se o seu objetivo é investir menos de 10 anos, ou seja, a curto ou médio prazo. Para cada valor existe uma porcentagem de imposto, seguindo a mesma alíquota já utilizada em salários. Os percentuais variam de zero, ou isento, até 27.5%.

2) Modelo Regressivo:

Se o seu objetivo é investir por mais de 10 anos, ou seja, a longo prazo a tabela mais indicada para você é a Regressiva. A cada 2 anos diminui 5% da porcentagem de imposto pago, iniciando com 35% e chegando ao valor de 10%.

Obs.: É permitida a portabilidade da tabela de tributação progressiva para regressiva. Mas é importante ressaltar que ao realizar a mudança de tabela a contagem começa do zero em 35%, ou seja, o tempo que o dinheiro já ficou investido não irá contar para diminuição da alíquota do imposto. O caminho inverso não é permitido.