Entenda como a economia colaborativa pode ajudar os profissionais liberais

Carreira

A economia colaborativa tem como base o conceito de divisão e compartilhamento de locais físicos, materiais de trabalho ou prestação de serviços. Trata-se de uma modalidade fundamentada na troca, que dispensa a necessidade de comprar o que pode ser dividido. Essa ideia é tida como uma grande tendência, pois estamos vivendo tempos em que o “ser” está tomando o lugar do “ter”.

Cada vez mais as pessoas têm tomado consciência a respeito das disfunções que o consumo em excesso traz para o mundo. Nesse cenário, a tecnologia vem protagonizando a popularização da economia colaborativa. A plataforma Uber é um ótimo exemplo disso, pois já fez muita gente vender o carro e optar por contar com os serviços dos profissionais liberais que prestam o serviço de motorista.

Continue lendo este artigo para saber como a economia colaborativa pode ajudar você no dia a dia e de que forma aplicá-la na sua vida.

De que forma a economia colaborativa proporciona vantagens para um profissional liberal?

A economia colaborativa incentiva um novo modo dos indivíduos consumirem, com base em práticas mais horizontais e participativas. Dessa forma, além de ofertar uma maneira inovadora de fazer negócios, trata-se de uma possibilidade que contempla o cuidado com o nosso ecossistema.

Afinal de contas, tal tipo de economia reduz todos os impactos que estão atrelados ao consumo. Exemplo disso é a exploração desmedida dos recursos naturais, que interfere diretamente no equilíbrio do nosso planeta.

O novo modelo propõe o uso inteligente dos recursos ao defender práticas sustentáveis nas relações de trabalho. Ele também procura promover uma mudança no mercado, ao abrir espaço para o aparecimento de pequenas empresas e profissionais autônomos que não teriam como rentabilizar suas atividades dentro do padrão econômico comum.

Quando democratizamos os recursos, os profissionais liberais e pequenos empreendedores conseguem acessar mais facilmente infraestruturas e tecnologias que, antes, só estavam disponíveis para instituições com muito capital e alta capacidade de investir.

Como resultado, temos o aquecimento da economia, o aparecimento de novos jeitos de ganhar dinheiro e a criação de ocupações ou postos de trabalho — algo primordial em uma época na qual o desemprego tem assolado nosso país. Conheça abaixo algumas das principais vantagens que a economia colaborativa representa aos profissionais liberais.

Melhora da reputação do profissional

Essa nova forma de praticar a economia tem como foco fazer as pessoas se preocuparem com o uso consciente e inteligente dos recursos, primando pela sustentabilidade nas relações de consumo. Quando um profissional adere a tal tipo de iniciativa, evidencia um compromisso com essas causas. Assim, sua imagem fica fortalecida perante os clientes como um prestador de serviços ou vendedor de produtos que pensa no meio ambiente.

Aumento da rede de influência

Quando você opta por dividir seu local de trabalho com outras pessoas, cria uma integração entre todos os profissionais ali presentes. Isso aumenta a colaboração entre vocês, contribuindo para que ideias sejam trocadas (e pensamentos, compartilhados). Existe também uma grande oportunidade de novas parcerias e projetos surgirem, afinal sua rede de contatos estará maior.

Mais economia

Pode ter certeza de que seus custos serão muito menores com a adesão à economia colaborativa. Práticas de compartilhamento diminuem consideravelmente as despesas fixas de uma empresa ou dos profissionais autônomos.

Isso pode ocorrer por meio do aluguel mais barato de um local para trabalhar, dos espaços de coworking que vamos abordar adiante, da permuta de serviços ou da utilização de equipamentos em condições mais econômicas do que se você precisasse comprar tais itens.

Inserção no mundo digital

O estopim da economia colaborativa foi justamente o emprego da internet e dos smartphones, pois essas duas ferramentas possibilitam que os serviços do modelo sejam adotados e propagados. Logo, quando o profissional opta por atuar de modo colaborativo, consegue encontrar uma ótima oportunidade para divulgar seu trabalho nas redes sociais, usando a tecnologia a seu favor.

Como é possível aplicar?

Se você quer adotar o modelo de economia colaborativa, precisa refletir e reconsiderar suas estratégias profissionais. Pare e pense se o que faz hoje em dia pode ser otimizado de alguma forma com parcerias inteligentes. Ou, então, se seus processos podem ser menos individualizados e custosos com um uso mais inteligente.

Pondere também sua disposição em rever os procedimentos, estabelecendo novos vínculos para equilibrar as relações. Reestruturar tudo isso pode soar bastante complicado no início, porém você estará se abrindo aos novos tempos.

Lembre-se de que a economia colaborativa é uma tendência com curva ascendente. Então, é preciso estar disposto para se preparar e adaptar a essa nova realidade que vem entregando resultados com ótimas perspectivas.

Considere contratar um espaço de coworking

Nossa dica para você começar a colocar esse conceito em prática é pensar em contratar um espaço de coworking. Trata-se de escritórios difundidos em vários lugares no mundo todo, disponíveis para a locação por empresas ou profissionais autônomos que precisam de um lugar para trabalhar.

Essa é uma escolha que pode trazer vários benefícios para um profissional liberal ou pequeno empreendedor. Além da praticidade, pois dentro desse espaço você já terá toda a infraestrutura da qual precisa para trabalhar e receber seus clientes, haverá um menor gasto de dinheiro e a possibilidade de escolher a localização ideal quanto ao acesso.

Com o coworking, você também eliminará toda a burocracia de alugar uma sala comercial, como ter que conseguir um fiador, caução ou comprovar renda suficiente para ter o seu seguro fiança aprovado. Outra vantagem é que não há a necessidade de ficar preso por um contrato de longo prazo e nem é preciso gastar seu dinheiro com a compra de mobiliário, o que pode ser bastante dispendioso.

Agora que você já sabe mais sobre economia colaborativa, chegou a hora de colocar esse conceito em prática e crescer profissionalmente com as dicas que demos neste artigo, não acha? Abra-se a essa nova ideia e colha todos os benefícios da estratégia, deixando que a ajuda mútua transforme seus resultados.

Quer ter acesso a outros conteúdos para profissionais liberais? É muito simples! Assine a nossa newsletter e receba dicas exclusivas na sua caixa de entrada.