Geração millennials e o mercado de trabalho: guia completo para você!

POSTS

A geração dos millennials está ganhando o mercado de trabalho atual. Além disso, eles já fazem parte da massa trabalhadora nas empresas e esse número tende a crescer cada vez mais nos próximos anos.

Nesse sentido, é fundamental que você conheça esse perfil e saiba como lidar com ele, garantindo que os colaboradores do seu negócio que estejam dentro desta geração possam, de fato, contribuir com o sucesso e crescimento da sua empresa, bem como, serem fidelizados a ela.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, confira o guia que preparamos para você. Nele, mostraremos tudo o que você precisa saber sobre a geração millennials. Acompanhe!

Quem são as pessoas da geração millennial?

Em cada uma das épocas da humanidade as pessoas que nasceram em certos períodos recebem nomenclaturas específicas. Isso porque, eles são definidos pelos seus hábitos e principais características.

Sendo assim, os millennials são os que nasceram em uma determinada época e que têm características muito relacionadas à tecnologia, tendo em vista que eles cresceram no franco surgimento das mais avançadas tecnologias que existem na atualidade. No próximo tópico, explicaremos mais detalhadamente o perfil e a partir de qual data essas pessoas são consideradas como millennials. Continue lendo!

Qual a diferença dessa geração para a anterior?

Para entender a diferença da geração dos millennials é importante saber quais são as outras que os antecederam. Veja quais são elas!

Geração Baby Boomers

A geração dos Baby Boomers é composta por pessoas que nasceram entre os anos de 1940 ou 1960 no período pós Segunda Guerra Mundial. Esse momento histórico foi marcado pela reconstrução de muitos países.

No Brasil, esse período também coincidiu com o desenvolvimento de vários movimentos culturais e nosso país vivia um momento de grande otimismo. Eles são pessoas consideradas como batalhadoras, pois, na juventude, tiveram que lutar para terem seu espaço na sociedade. São pessoas que gostam da liberdade, botar o pé na estrada, ouvir Rock e curtir os famosos festivais de músicas.

Essa geração, atualmente, não é muito visada por quem pretende encontrar colaboradores para um negócio. Afinal, muitos deles são pessoas que têm certo nível financeiro elevado e, a maioria, está gozando a merecida aposentadoria.

Geração X

As pessoas classificadas na geração X nasceram entre os anos de 1961 e 1980. Assim como os perfis anteriores, muitos deles já estão fixos financeiramente e dificilmente você encontrará pessoas dessa faixa de idade que querem iniciar uma nova carreira.

Essa geração foi marcada por grandes conflitos e revoluções, entre eles, a guerra fria e o regime militar que, durante as décadas seguintes, restringiu alguns direitos, especialmente, o da livre expressão do pensamento.

Logo, não era um momento muito otimista, no entanto, durante o mesmo período, o Brasil registrou índices de crescimento extremamente altos. Praticamente, toda a infraestrutura que temos atualmente foi desenvolvida nesta época. Logo, isso motivou que muitas pessoas que viveram nesses anos iniciassem seu negócio.

Geração Y ou Millennials

Por fim, chegamos à geração dos millenials que são pessoas nascidas entre os anos de 1981 e 1995. Essa geração é marcada pelo perfil de pessoas terem nascido em um momento de franco surgimento e avanço tecnológico.

Essas pessoas são bastante questionadoras e, muitas , têm um altíssimo grau de conhecimento sobre os mais diversos assuntos sociais, políticos e, até mesmo, econômicos. Tudo isso é possível graças à internet que é capaz de colocar informações extremamente técnicas nas mãos de pessoas comuns que não se formaram em uma área específica.

Isso se tornou um grande desafio, inclusive, para os profissionais das mais diversas áreas. É muito comum, por exemplo, um médico nascido na era da Geração X ser surpreendido ao ver um paciente de 30 anos sabendo tudo sobre um possível problema de saúde, pois pesquisou diversos conteúdos antes da consulta marcada.

Isso também afetou os empresários de dois lados. Inicialmente, eles passaram a ter profissionais mais qualificados e acostumados a lidar com as mais recentes e avançadas tecnologias da atualidade.

Por outro lado, esses empregadores também tiveram que se adaptar com a facilidade que os millenials têm de enxergar novas oportunidades para sua vida. As pessoas que têm esse perfil conseguem processar informações de forma rápida e eficiente, tomando decisões acertadas após análises apuradas feitas em alguns dias.

Nesse contexto, como um empresário pode fidelizar essas pessoas em seu negócio? Se você nunca teve essa preocupação é a hora de começar a pensar nisso. Inevitavelmente, a maior parte do seu quadro funcional será composta por esses profissionais, gerando a necessidade de adotar medidas para fidelizar essas pessoas, evitar que eles busquem outras oportunidades de emprego e, principalmente, coibir a rotatividade de funcionários.

Quais são os benefícios que eles procuram nas empresas?

Pensando em tudo o que foi descrito até o momento, nesta parte do artigo mostraremos alguns benefícios que você pode oferecer aos seus colaboradores para que eles sejam fidelizados ao seu estabelecimento. Acompanhe!

Flexibilidade de horários

O primeiro detalhe que as empresas devem observar é a possibilidade na flexibilização de horários de trabalho. As pessoas da geração Millennials assumem muitos compromissos e têm inúmeras atividades ao longo do dia.

Muitas precisam de um tempo para estudar, praticar esportes, bem como, atividades de lazer. Portanto, uma das medidas que o empresário pode adotar é flexibilizar os horários de trabalho de certos empregados.

Obviamente, nem todas as funções permitem esse tipo de coisa, porém, existem algumas medidas que você pode adotar para atender a essa necessidade sem prejudicar as rotinas do dia a dia das empresas.

Uma delas, por exemplo, é a adoção de cumprimento da jornada de trabalho em home office, ou seja, na própria residência do colaborador. Além disso, você também pode dar a flexibilidade para que o colaborador possa trabalhar em momentos definidos por ele mesmo.

Entretanto, independentemente da forma que você vai adotar para fornecer uma jornada de trabalho mais flexível, é fundamental que também invista em mecanismos para gerir o trabalho desses funcionários. Afinal, vale a pena lembrar que oferecer flexibilidades para esses trabalhadores deve ser algo, primeiramente, benéfico para a empresa.

Sendo assim, no intuito de fornecer um benefício para o colaborador, você não pode prejudicar a gestão e, até mesmo, a lucratividade do negócio.

Seguro de vida empresarial

Outra estratégia interessante é oferecer um bom seguro de vida empresarial aos empregados considerados Millennials. Esse é o tipo de benefício que gera garantias e vantagens para os seus colaboradores, bem como, o amparo para ele e sua família frente a momentos de dificuldades.

Mesmo que ele nunca precise das coberturas, a sua disponibilização pode criar um espírito de motivação, engajamento e entusiasmo muito interessantes que geram mais foco e produtividade no dia a dia de trabalho dessas pessoas.

Quando você oferece um seguro de vida empresarial — especialmente para os colaboradores que estejam no perfil dos millennials — é acionado na mente deles a ideia de que os seus líderes estão, de fato, preocupados com seu bem-estar físico, garantindo o sentimento de motivação e entusiasmo que mencionamos.

Além disso, ao contar com um bom seguro de vida empresarial, os seus funcionários contarão com as seguintes coberturas:

  • morte acidental ou natural;
  • indenização em casos de incapacidades temporárias ou permanentes;
  • cobertura em despesas médicas decorrentes de acidentes de trabalho;
  • amparo para seus familiares e dependentes, entre outras vantagens.

Sendo assim, além de encantar os seus funcionários, o seguro de vida empresarial proporciona uma série de benefícios que garantem a segurança e o bem-estar de seus colaboradores, bem como dos familiares deles.

Plano de Saúde

Na mesma linha do fornecimento do seguro de vida empresarial, o plano de saúde também gera motivação e entusiasmo entre os colaboradores. Além disso, o plano de saúde também pode ser dividido com o próprio colaborador. Ou seja, a empresa paga um percentual e ele outro. Os benefícios desse tipo de serviço são imensuráveis, afinal, eles estão diretamente relacionados com a saúde.

Muitos colaboradores perdem em produtividade por causa da preocupação com a saúde, não relacionado, especialmente, a um problema específico, mas sim, ao medo de precisar de atendimento médico ou algum procedimento e não ser capaz de cobrir os altíssimos custos que eles podem ter.

Ao oferecer um bom plano de saúde em sua empresa para os profissionais classificados como millennials, esse tipo de preocupação é totalmente eliminada. Entretanto, para que isso ocorra é importante que você escolha um plano que atenda as principais necessidades dos seus empregados.

Além de gerar proteção para o próprio colaborador, o plano de saúde também pode gerar benefícios para seus dependentes. Apesar de muitas das pessoas que estão nessa categoria não serem casados, é provável que existam os que já têm famílias. Sendo assim, esse benefício pode ser estendido a eles também.

Plano de cargos e salários

Outro passo importante é criar um bom plano de cargos e salários para os seus colaboradores. Basicamente, este é um documento que demonstra ao próprio empregado as oportunidades que ele tem de crescimento dentro da empresa.

Esse documento é elaborado pela gestão do negócio e deve conter a descrição exata de todos os cargos existentes, bem como suas respectivas atribuições, salários e benefícios. Essas informações devem ser demonstradas ao empregado para que ele possa ter ciência do que precisa fazer para atingir níveis maiores dentro da empresa.

Quando o colaborador enxerga que a empresa determina um caminho a ser seguido para alcançar patamares maiores no negócio, ele adotará todas as medidas necessárias para que seja, portanto, notado pela gestão e possa, no futuro, alcançar níveis mais altos de recebimentos, bem como, benefícios.

Por outro lado, se o funcionário não enxergar nenhuma possibilidade de crescimento, inevitavelmente, ele procurará outros negócios para poder trabalhar, ou seja, uma empresa em que ele tenha uma projeção de futuro, na qual valha a pena dedicar todo o seu esforço e tempo de vida para alcançar posições de destaque na carreira.

Ambiente de trabalho adequado

Por fim, é crucial que você também tenha o cuidado de adotar um ambiente de trabalho agradável. Isso significa que a empresa precisa investir em ferramentas, tecnologia e espaço físico que proporcione o bem-estar do colaborador e, principalmente, a perfeita execução de seus trabalhos.

Muitos empresários evitam o gasto com novos computadores ferramentas ou serviços especializados mais avançados acreditando que não devem aumentar o seu custo. Porém, isso é um grande erro, pois a perda de receita decorrente da baixa produtividade de alguns funcionários tem impacto consideravelmente maior que o investimento em atualização tecnológica.

Além disso, você deve ter o máximo de cuidado para fornecer aos seus colaboradores um ambiente de trabalho agradável, limpo e arejado, livre de elementos que possam prejudicar a sua atenção ou foco nas atividades diárias.

Como você pode perceber, a geração millenials, diferentemente de outros perfis de empregados, estão preocupados com benefícios que uma empresa pode oferecer, tanto os que estão relacionados a sua carreira e crescimento profissional quanto os que proporcionam vantagens pessoais, como o seguro de vida, plano de saúde, entre outros.

Se você gostou dessas informações e reconhece que elas são muito valiosas, compartilhe este artigo em suas redes sociais. Assim, mais pessoas terão acesso a esse conhecimento tão importante.