Guia completo sobre seguro de vida em grupo

DESTAQUES POSTS Seguro de Vida

O seguro de vida em grupo é uma maneira de ter acesso a diversos tipos de coberturas para situações acidentais que impossibilitem o trabalhador de praticar suas atividades laborais no dia a dia. Ele também proporciona proteção para problemas mais graves, como um estado de invalidez permanente ou morte de segurados e dependentes.

Não há nada mais importante na vida das pessoas do que seus familiares. Diante disso, quando uma empresa demonstra que deseja cuidar não só dos seus funcionários, mas também de quem eles amam, a relação entre empregado e empregador muda. Isso traz mais vantagem competitiva para o negócio, pois profissionais felizes são mais produtivos e engajados com o propósito e os objetivos corporativos.

Se você ainda não sabe quando oferecer seguro de vida para funcionários, ou mesmo, se vale a pena contratar um seguro de vida empresarial, fique tranquilo. Ao longo desta leitura, todas as suas principais dúvidas serão sanadas. Vamos lá!

O que é seguro de vida em grupo?

O seguro de vida em grupo empresarial é aquele que oferece proteção para os colaboradores do negócio. Ele pode figurar em conjunto ou não com a apólice de acidentes pessoais coletivo.

Quem faz a contratação desse tipo de seguro é a pessoa jurídica empregadora, denominada estipulante, junto à seguradora, tendo como propósito assegurar a proteção financeira dos seus trabalhadores e respectivos beneficiários. A extensão desses benefícios pode ir até cônjuges e descendentes.

Quando há o falecimento inesperado do membro familiar que é provedor principal (ou único) do sustento da casa, seja por causa acidental, seja por uma alteração grave do estado de saúde, é muito comum que o padrão de vida de quem ficou caia. Por essa razão, o processo indenizatório do seguro de vida é uma salvaguarda para alguns anos, possibilitando que os familiares consigam reestruturar as finanças do lar.

O Código Civil brasileiro não compreende o seguro de vida como herança. Portanto, não existe a possibilidade de usar essa indenização na quitação de alguma dívida contraída pelo segurado.

O seguro de vida coletivo é estruturado com base no regime financeiro de repartição, em que a reserva é formada pelo grupo de segurados de determinada companhia seguradora. Ou seja, o prêmio pago por cada segurado do mesmo tipo de apólice, ao longo de um determinado tempo, é destinado à liquidação de obrigações financeiras. Isso inclui cada uma das indenizações de sinistros solicitadas no decorrer do mesmo período.

Como o seguro de vida funciona em grupo?

O seguro de vida em grupo é contratado pela empresa para assegurar um suporte financeiro aos familiares do seu quadro de funcionários em situações nas quais o sinistro seja acionado. Vejamos como se dá o funcionamento desse tipo de seguro, tanto em relação ao pagamento da apólice como às coberturas inclusas.

Pagamentos

Existem duas alternativas para o pagamento de um seguro de vida em grupo, de acordo com a adesão da empresa no momento da contratação. O tipo não contributário é aquele no qual a pessoa jurídica fica responsável por custear todo o valor da apólice.

Existe, também, o plano contributário, em que o trabalhador dá uma contribuição financeira para pagar uma parte do seguro. O desconto do valor estipulado é realizado diretamente na folha de pagamento, de modo a garantir que não haverá atraso no repasse à seguradora.

Quando o empregador contrata essa forma de seguro, ele assegura que os profissionais que forem admitidos posteriormente à assinatura do contrato usufruam das vantagens do plano.

Coberturas

O seguro de vida empresarial oferece diversos tipos de cobertura. Isso vai depender da escolha do contratante. Mas existem coberturas básicas, que são aplicadas em situações de morte ou invalidez, por conta de algum acidente ou doença. Conheça as mais comuns:

  • Invalidez Permanente Total ou Parcial por Acidente (IPA): a indenização é calculada em concordância com a gravidade da invalidez decorrente de um acidente;
  • Invalidez Funcional Permanente Total por Doença: oferece uma compensação financeira para situações de invalidez funcional irreversível, decorrente de alguma doença que tenha como consequência a privação de independência do segurado;
  • Invalidez Laborativa Permanente Total por Doença (ILPD): permite o acionamento do sinistro quando o segurado não tem mais condições de realizar suas funções laborativas, sem possibilidade de reversão do quadro, em decorrência de uma enfermidade;
  • Morte Acidental (MA): presta auxílio financeiro aos familiares quando há risco de morte provocada por acidente;
  • Morte: é a indenização paga em situações de falecimento, independentemente de qual foi o fator causador.

Quando há necessidade de acionar a seguradora para solicitar um sinistro, o segurado ou seus familiares devem informar a instituição contratante para solicitar a indenização. Se isso acontecer no intervalo que não compreende horas úteis, o beneficiário ou algum familiar tem como alternativa estabelecer uma comunicação direta com a operadora de seguro.

Nesse caso, será preciso ter em mãos o número da apólice e fornecer toda a documentação que a seguradora solicite. O limite para que o pagamento da indenização seja efetuado é de até 30 dias.

Lembramos que a cobertura do seguro de vida em grupo contemplará somente as situações estipuladas pela pessoa jurídica no momento da contratação. Por essa razão, é imprescindível que os trabalhadores se informem a respeito das garantias de proteção junto ao setor de Recursos Humanos da empresa.

Existem várias coberturas que podem ser integradas ao contrato de seguro de vida, além das que citamos acima. Entre elas, diárias de internação em hospitais, de incapacidade laboral temporária e auxílio funeral.

Quais são as vantagens do seguro de vida em grupo?

O seguro de vida em grupo é um benefício importante para instituições que se importam com o bem-estar dos seus funcionários. Afinal de contas, esse tipo de apólice garante que cada um deles esteja protegido. Abaixo, vamos listar as principais vantagens que o seguro de vida empresarial oferece, tanto para o negócio em si como para seus empregados.

Motivação dos colaboradores

Se você deseja que a sua empresa esteja sempre em evidência no mercado, é fundamental ter profissionais capacitados formando seu quadro de trabalhadores. Só que a atração dessas pessoas pode não ser tão fácil. Por isso, não dar importância para um pacote de benefícios para funcionários interessante ajuda a dificultar ainda mais esse processo.

Os gestores precisam compreender que, hoje em dia, as pessoas não querem somente remunerações compatíveis com a sua qualificação. Elas também buscam mais qualidade de vida. Para isso, diminuir os níveis de estresse é primordial. Dentro desse contexto, o seguro de vida ajuda a criar um clima organizacional propício, o que reflete diretamente nos índices de produtividade e na motivação de todos.

Segurança para os seus familiares

Os benefícios do seguro de vida não são restritos apenas ao funcionário. Na verdade, a família de cada colaborador também estará mais segura. Assim, se alguma circunstância imprevista deixar o beneficiário incapaz de cuidar dos seus familiares, o seguro dará todo o suporte necessário, conforme minuta contratual.

Comodidade e custo mais acessível

Outra vantagem importante do seguro de vida em grupo é o fato de ele ser mais barato do que a contratação individual. Como o empregador faz uma apólice conjunta para diversos segurados, o custo fica mais acessível.

Isso é bom tanto para a empresa, tenha ela optado pelo pagamento integral ou parcial, quanto para o trabalhador, quando ele tem o desconto direto no seu holerite. O procedimento de aquisição desse tipo de apólice é muito simples, como veremos adiante, para todos os envolvidos.

Facilidade de incluir novos colaboradores

Dependendo do modelo de negócio, existem organizações que têm uma taxa alta de turnover. Essas alterações frequentes no quadro de colaboradores não fazem com que a contratação de um seguro de vida em grupo seja mais burocrática. Na verdade, é justamente o contrário.

É bem fácil realizar a inclusão de novos profissionais na cobertura. Isso ocorre automaticamente, quando o trabalhador está cadastrado como beneficiário do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Dependendo do acordo com a seguradora, pode ser que a empresa precise apenas encaminhar uma relação com os nomes de todos os empregados ativos a cada mês.

Havendo qualquer tipo de mudança na direção do empreendimento, também dá para fazer a inclusão do seguro de vida empresarial. Nossa dica é para que os gestores procurem alinhar essas questões junto à seguradora.

Possibilidade de contratar por um valor global

Em tempos de crise econômica, é preciso ter muita cautela para que o orçamento empresarial seja seguido com disciplina e atenção. Por conta disso, para que seja possível ter mais previsibilidade de gastos, existem empresários que preferem optar pelo seguro de vida de valor global, em vez de ter um custo por cada trabalhador.

Logo, a apólice terá um valor fixado, abrangendo um pacote de cobertura, que não sofre variação em decorrência do número de colaboradores. Esse tipo de contratação elimina o processo de precisar comunicar as admissões e demissões, minimizando possíveis enganos na cobrança e no pagamento do seguro.

Isenção de Imposto de Renda

Falando sobre benefícios financeiros, vale a pena ressaltar que uma das vantagens mais interessantes de um seguro de vida é que não há incidência de imposto em cima do pagamento indenizatório. Portanto, quando o beneficiário recebe uma indenização, não haverá nenhuma cobrança de tributos sobre esse valor.

Também não se aplica o imposto de herança (ITCMD) à reparação financeira de um seguro de vida em grupo.

Como fazer a contratação do seguro de vida em grupo?

Normalmente, há uma limitação na quantidade de colaboradores que uma organização precisa ter para ter acesso à apólice de seguro de vida em grupo. Quem determina isso é a própria seguradora, ou seja, é variável. Existem casos em que a empresa só fecha negócio com grupos acima de 10 vidas.

Em outras, quanto maior a quantidade de segurados, melhor é a condição de pagamento. Portanto, faça uma pesquisa para encontrar a que atenda às necessidades específicas do seu empreendimento.

Existe uma idade mínima e máxima para inclusão de trabalhadores no contrato do seguro de vida empresarial, que vai de 14 a 65 anos. Além disso, outros requisitos impostos para esse tipo de seguro são os beneficiários apresentarem condições de saúde satisfatórias e estarem em plena atividade profissional.

Cabe à seguradora definir qual será o regulamento para que novos segurados sejam incluídos no seguro de vida em grupo. Por isso, tenha atenção ao ler sua minuta contratual antes de assiná-la, pois esse é o documento oficial que estabelece todas as regras das proteções adquiridas.

Os segurados precisam comunicar seu empregador se têm qualquer tipo de doença preexistente, pois isso pode impactar uma cobertura diferenciada dos outros trabalhadores.

Quando o seguro de vida é obrigatório?

O vínculo trabalhista regulado pela CLT não indica a obrigação de o empregador disponibilizar um seguro de vida para os seus colaboradores. Contudo, isso não quer dizer que todo tipo de negócio está isento de oferecer esse benefício aos seus profissionais, pois existem categorias que garantem esse direito por meio das suas convenções coletivas.

Conheça quais são as categorias que contam com a obrigatoriedade da contratação do seguro de vida:

  • construção civil;
  • posto de combustível;
  • condomínio (todos os funcionários);
  • hotelaria;
  • panificação;
  • Comércio varejista de alimentos;
  • restaurante e bar;
  • educacional (professores e outros profissionais);
  • despachante;
  • motoboy;
  • prestador de serviços;
  • indústria de louça, porcelana de barro e cerâmica;
  • indústria de panificação e confeitaria;
  • indústria têxtil.

Então, a gestão da empresa precisa estar atenta às normas dessas convenções para não sofrer processos judiciais.

Agora que você já entendeu o que é um seguro de vida em grupo, como ele funciona, quais as suas vantagens e de que forma realizar sua contratação, vamos finalizar este guia com uma dica importante: a escolha da melhor seguradora.

Nós, da Classic Seguros, fazemos muito mais do que comercializar apólices. Nosso propósito é assegurar aos nossos clientes a opção mais adequada para proteger financeiramente quem importa de verdade em suas vidas.

Por isso, conte com o nosso time de consultores especializados para analisar quais são as reais necessidades da sua empresa e dos seus funcionários. Tenha a certeza de que nosso processo não tem burocracias sem razão, pois nosso foco é proporcionar uma experiência que una simplicidade e satisfação na contratação de um seguro de vida em grupo.

Acesse o site da Classic Seguros e conheça o nosso jeito de atender!